Publicado por Redação em Saúde Empresarial - 20/03/2014 às 16:51:02

Três milhões de pessoas não sabem que têm tuberculose, alerta OMS

Mais de 3 milhões de pessoas ignoram que estão infectadas com o bacilo da tuberculose, alertou nesta quinta-feira (20) a Organização Mundial da Saúde (OMS).

"Alcancemos os 3 milhões" é o lema da campanha da OMS para conscientizar da importância da tuberculose no Dia Mundial desta doença, lembrado na próxima segunda-feira, 24 de março.

"Estimamos que anualmente se dão entre 8,6 e 9 milhões de casos de tuberculose. Os sistemas de saúde dos países nos notificam (à OMS) cerca de 6 milhões, isso quer dizer que outros 3 milhões ficam sem diagnóstico", informou em entrevista coletiva Mario Raviglione, diretor do departamento dedicado à doença na OMS.

Mas, além disso, dos 6 milhões detectados se estima que aproximadamente entre 450 mil e 500 mil são casos de tuberculose multirresistente (MDR-TB, na sigla em inglês).

Desses 500 mil, "apenas" cerca de 90 mil se diagnosticam, "o que é muito alarmante porque é um número muito baixo", alertou o especialista.

A OMS declarou no ano passado que a MDR-TB era uma "crise" da saúde e deveria ser tratado "imediatamente", segundo Raviglione.

Por isso, a organização aplicou em 27 países em desenvolvimento o programa Expand TB, para melhorar as técnicas de detecção e diagnoses da doença em geral e da multirresistente em particular.


Diagnóstico rápido

O programa permite que o diagnóstico seja feito em duas horas, que em vez de demorar dois meses como ocorre em muitos países, especialmente os mais pobres, que contam apenas com um laboratório central ou que inclusive têm que mandar as mostras a outra nação.

Segundo os primeiros resultados, nos países onde o projeto foi iniciado, o número de casos detectados triplicou.

"Sem diagnoses, a medicina é cega. O projeto Expand TB é crucial para aumentar a capacidade de detectar tuberculose multirresistente", assinalou, por sua vez, Catherina Boehme, diretora-executiva de FIND's, uma ONG que participa do projeto.

Os 27 países onde se aplica o programa contam com 40% dos casos estimados de tuberculose multirresistente no mundo.

Até o momento, o projeto ofereceu "enormes resultados", dado que mais do 30% dos casos de MDR-TB detectados no mundo em 2012 foram graças à Expand TB.

De fato, de 2009 a 2013 triplicou o número de casos detectados de tuberculose multirresistente nos 27 países onde se aplica o projeto.

Na Índia, graças ao projeto foram detectados 90% dos casos de tuberculose multirresistente.

Diante do sucesso, a OMS solicita à comunidade internacional mais fundos para financiar o projeto em sua estrutura atual de 92 laboratórios, e poder expandi-lo para conseguir o objetivo de alcançar os 3 milhões de casos no mundo que ficam sem diagnóstico.

Fonte: www.uol.com.br


Seguro Auto

Posts relacionados

Saúde Empresarial, por Redação

Usuários sofrem com "burocracia" imposta pelos planos de saúde

Segundo advogado, reclamações mais frequentes são por negativas de procedimentos

Saúde Empresarial, por Redação

Biossensor monitora nível de glicose pela lágrima

As picadas para coletar sangue e medir o nível de glicose são companheiras desagradáveis do dia-a-dia de muito pacientes de diabetes.

Saúde Empresarial, por Redação

Atividade física ajuda a proteger o coração em qualquer idade

A prática regular de atividade física ajuda a proteger o coração, ainda que iniciada tardiamente, após os 40 ou 50 anos.

Saúde Empresarial, por Redação

Estudo mostra 25% de adolescentes com risco de doenças cardíacas

Um em cada quatro jovens que passaram pela primeira fase de testes do Estudo sobre Riscos Cardiovasculares em Adolescentes (Erica), conduzidos pela Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Deixe seu Comentário:

=