Publicado por Redação em Dental | 08/12/2015 às 11:25:27

Especialista esclarece se pasta de dente clareadora funciona

Dentista explica como é a ação desse tipo de produto, as diferenças do clareamento no consultório e quem pode usar

 As pastas de dente clareadoras diminuem os tons mantendo a cor original dos dentesFoto: Brian Chase / Shutterstock

As pastas de dente clareadoras diminuem os tons mantendo a cor original dos dentes Foto: Brian Chase / Shutterstock

Quem não gostaria de ter um produto milagroso que deixa o sorriso branco como em um passe de mágica? Mas, como sabemos que isso não existe, o importante é ter um arsenal de produtos de qualidade para complementar os tratamentos de clareamento indicados pelo dentista.

As pastas de dente clareadoras são um desses itens indispensáveis para quem quer os dentes mais brancos. Elas não têm o efeito de um clareamento feito em consultório, mas diminuem os tons mantendo a cor original dos dentes, que variam, segundo uma escala universal, conhecida como "Escala Vita", do amarelo, do castanho, do cinza e do cinza acastanhado.

“O poder clareador das pastas específicas para venda livre é basicamente para manchas extrínsecas dos dentes, restritas ao esmalte dentário (superfície mais externa dos dentes) que são causadas por acúmulo de biofilme dentário (placa bacteriana), por bactérias, por alguns tipos de alimentos e bebidas, como café, beterraba, vinhos tintos, chás, etc. e por hábitos como o tabagismo”, o professor Vinicius Pedrazzi, da Faculdade de Odontologia da USP de Ribeirão Preto.

Isso acontece porque esses cremes dentais têm poucos agentes oxidantes, como os peróxidos, com concentração menor que 2%, responsáveis pelo clareamento de manchas mais internas. “Para se ter uma ideia, a concentração dos peróxidos nos géis clareadores profissionais varia de 10% até 35 - 40%, portanto muito mais concentrado”, afirma Pedrazzi.

Ainda assim, se a escovação dental for rotineira e com uma pasta bem equilibrada, associada a uma boa escova com cerdas macias, há sim a remoção de boa parte das manchas externas do esmalte dental, com polimento da superfície e minimizando o escurecimento dental. “Mas se os agentes causadores das manchas não forem removidos ou minimizado o consumo, o efeito é nulo”.

Quem pode usar

Qualquer adulto que tenha somente dentes naturais e não apresentes recessão gengival, sensibilidade dentária e ou quando há muita desmineralização do esmalte devido ao alto consumo de açúcares fermentáveis. “Sempre associar com escova de cerdas macias, pois o conjunto abrasivo pode ser potencializado por escovas dentais de cerdas médias a duras em até 70% o que pode ter um efeito catastrófico para a saúde bucal”, diz o especialista.

Antes de usar, procure orientação de um cirurgião-dentista para uma avaliação prévia das condições bucais, sistêmicas, hábitos nocivos, dieta, etc.

Fonte: Terra Saúde Bucal


Seguro Auto

Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=