Publicado por Redação em Previdência Corporate | 15/08/2016 às 11:09:56

Paim: reforma da Previdência de Temer favorece bancos

Reforma da previdência não é bem aceita

Senador Paulo Paim (PT-RS) disse que as restrições ao direito dos trabalhadores à aposentadoria, pretendidas pela ideia de reforma que vem sendo ventilada pelo governo interino de Michel Temer, tem como beneficiários diretos os bancos e seus fundos de previdência privada

O senador Paulo Paim (PT-RS) disse nesta quinta-feira (11) que as restrições ao direito dos trabalhadores à aposentadoria, pretendidas pela ideia de reforma que vem sendo ventilada pelo governo interino, tem como beneficiários diretos os bancos e seus fundos de previdência privada.

Paim citou experiências de privatização na Argentina, Chile e Estados Unidos como fracassadas e defendeu a sustentabilidade do modelo de sistema público brasileiro.

O senador dirigiu ontem audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado, realizada no Sindicato dos Químicos de São Paulo junto com representantes de movimentos sociais e entidades sindicais.

Para o presidente da CUT em São Paulo, Douglas Izzo, os trabalhadores deverão reagir às tentativas de retiradas de direitos preparando uma greve geral nacional. Assista:

Fonte: Brasil 247


Massificados

Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=