Publicado por Redação em Gestão do RH | 25/08/2021 às 15:14:21

Saque aniversário do FGTS libera em média R$ 787; veja calendário completo



Criado em 2019, o saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) liberou neste ano uma média de R$ 787,01 para cada trabalhador que aderiu a essa modalidade. Ao todo, foram 10,2 milhões de saques até o dia 17 de agosto, totalizando quase R$ 8,1 bilhões em retiradas.

Quem fizer a adesão ao saque-aniversário pode retirar anualmente uma parte do dinheiro que está guardado na conta do FGTS. O valor varia de acordo com a faixa de saldo. A escolha por essa modalidade é opcional. Porém, quem optar por esse modelo perde o direito de fazer o saque ao ser demitido sem justa causa. A multa de 40% paga pelo empregador nesses casos fica mantida.

Desde 2019, quase 12,9 milhões de pessoas aderiram ao saque-aniversário, sendo 5,2 milhões neste ano. Até o fim de 2021, o governo federal espera que o volume total de saques chegue a R$ 12 bilhões. Considerando todo o período de existência da modalidade, pouco mais de R$ 16,5 bilhões já foram resgatados.

"Caso a estimativa de saque para o ano ocorra, a média de saque será de R$ 930 por trabalhador, o que representa valor de saque médio um pouco menor que um salário mínimo [atualmente de R$ 1.100]", diz o Ministério da Economia.

Ao todo, 26 milhões de resgates do FGTS foram feitos até o dia 17 de agosto deste ano, considerando todos os tipos de resgate do fundo previstos em lei. Isso equivale a R$ 66 bilhões. Desse total de retiradas, quase 10,3 milhões foram referentes ao saque-aniversário.
 

Calendário

A partir da próxima quarta-feira (1º), o saque-aniversário estará disponível para os trabalhadores nascidos em setembro. Esse grupo poderá retirar o dinheiro até 30 de novembro. Atualmente, o saque está liberado para os trabalhadores que fazem aniversário em agosto.

O período do saque-aniversário começa no primeiro dia útil do mês de aniversário do trabalhador e acaba no último dia útil do segundo mês subsequente. A Caixa Econômica Federal informa que se o trabalhador não retirar o dinheiro nesse período, o valor volta para a conta do FGTS.

Nascidos em Início do pagamento Data-limite para sacar valor
Janeiro 4 de janeiro de 2021 31 de março de 2021
Fevereiro
1º de fevereiro de 2021
30 de abril de 2021
Março
1º de março de 2021
31 de maio de 2021
Abril
1º de abril de 2021
30 de junho de 2021
Maio
3 de maio de 2021
31 de julho de 2021
Junho 1º de junho de 2021 31 de agosto de 2021
Julho 1º de julho de 2021 30 de setembro de 2021
Agosto 2 de agosto de 2021 31 de outubro de 2021
Setembro 1º de setembro de 2021 30 de novembro de 2021
Outubro 1º de outubro de 2021 31 de dezembro de 2021
Novembro 1º de novembro de 2021 31 de janeiro de 2022
Dezembro 1º de dezembro de 2021 28 de fevereiro de 2022
 

Valor dos saques

O valor que pode ser retirado varia conforme o saldo do trabalhador na conta do FGTS. Por exemplo: quem tem saldo de R$ 2.000 poderá retirar 30% desse valor (R$ 600) mais uma parcela fixa de R$ 150, totalizado R$ 750. Se o saldo for de R$ 8.000, o percentual é de 20% (R$ 1.600) mais o adicional de R$ 650, o que dá R$ 2.250.

Saldo no FGTS Alíquota Parcela adicional
R$ 500 50% ---
R$ 500,01 até R$ 1.000 40% R$ 50
R$ 1.001,01 até R$ 5.000 30% R$ 150
R$ 5.000,01 até R$ 10 mil 20% R$ 650
R$ 10.000,01 até R$ 15 mil 15% R$ 1.150
R$ 15.000,01 até R$ 20 mil 10% R$ 1.900
Acima de R$ 20 mil 5% R$ 2.900

​Antecipação

Outra possibilidade envolvendo o saque-aniversário é a antecipação da retirada do dinheiro. Trata-se de um empréstimo, no qual o banco cobra uma taxa para liberar a grana antes do prazo em que ela seria paga normalmente.

De acordo com o ministério, neste ano foram registradas 5,8 milhões de operações desse tipo, que movimentaram cerca de R$ 7,9 bilhões. A média é de R$ 1.369 por contrato.



Fonte: Agora


Linhas Financeiras

Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=