Publicado por Redação em Gestão de Saúde - 23/02/2022 às 11:32:21

Pesquisa da Doctoralia aponta tendências para o setor de saúde em 2022



A pandemia do novo coronavírus tem estimulado iniciativas dos sistemas de saúde para consolidar o paciente como o centro do cuidado e priorizar o uso inteligente da tecnologia para garantir mais saúde e bem-estar à população. Diante deste contexto, o levantamento Panorama das Clínicas e Hospitais 2022, realizado pela Doctoralia em parceria com TuoTempo, mostra quais são as principais tendências voltadas para prevenção e cuidado por meio da digitalização da saúde.

O processo de transformação digital da saúde, por meio de tecnologias disruptivas, tem contribuído para o aprimoramento dos serviços assistenciais e viabilizado novos modelos de negócios. “Para garantir a sustentabilidade do sistema, os players do setor precisam ir além das ações de atração de clientes. É necessário investir em soluções inovadoras que proporcionem cada vez mais qualidade em todas as etapas da jornada do paciente”, explica Cadu Lopes, CEO da Doctoralia no Brasil, Chile e Peru.

A telemedicina é uma das tendências para 2022. O atendimento remoto é fundamental para a promoção da saúde, principalmente em um país como o Brasil, com dimensões continentais e com regiões onde há carência de médicos especialistas. Nesses casos, o smartphone tem sido uma das principais ferramentas para amplificar o acesso à saúde. Por meio da conectividade, os pacientes podem acessar médicos, exames e aderir a tratamentos de forma personalizada e com mais agilidade.

As tecnologias avançadas empregadas para prestação de serviços assistenciais e na comunicação entre médicos e pacientes continuarão ganhando espaço. O uso de realidade virtual, internet das coisas e wearables, entre outros recursos, permite contribuir para a redução de desperdício e para promover atendimento mais humanizado, além de favorecer iniciativas de prevenção de doenças.

As novas ferramentas estão se tornando instrumentos potencializadores no processo de conscientização sobre a importância da adoção de um estilo de vida mais saudável para a prevenção de doenças. Consequentemente, há redução do número de acometimento de enfermidades, otimização dos tratamentos e contenção de gastos.

“A redução de tarefas manuais por meio da automação e os investimentos em tecnologia mostram um caminho do setor para levar saúde até a casa do paciente e criar pontos de atendimento mais descentralizados. Todas essas práticas convergem para colocar o paciente no centro do cuidado e humanizar a experiência em saúde” finaliza Cadu Lopes.



Fonte: Saúde Business


Seguro Auto

Posts relacionados


Deixe seu Comentário:

=