Publicado por Redação em Gestão do RH | 02/09/2021 às 11:37:35

Empresas passam a considerar benefícios como presente de fim de ano para os colaboradores



Se antes da pandemia, planejar as festas de final de ano já era um desafio para os profissionais da área de Gente e Gestão, os novos tempos trouxeram maior complexidade e dificuldade. Mesmo com o avanço da vacinação no país, as incertezas causadas pela Covid-19 prevalecem. Nesse cenário, os RHs precisam decidir se optarão por eventos remotos, híbridos ou presenciais. Cada um deles exige uma forma diferente de planejamento, mas em todos os casos um passo é crucial para o sucesso: programação antecipada.  

 

Além das festas, outra questão que entra na lista dos RHs é de que forma presentear os colaboradores. Para muitos, as cestas natalinas se tornaram uma tradição. Mas, com o tempo, a necessidade de transportar caixas pesadas para a casa dos colaboradores, associada aos gastos com transporte, logística, armazenagem e distribuição das cestas físicas, fizeram com que as empresas passassem a buscar alternativas. O Alelo Natal é uma delas.  

 

Pensado para trazer flexibilidade, o cartão é uma opção para as companhias presentearem seus colaboradores, substituindo as cestas físicas. O Alelo Natal pode ser utilizado em supermercados, restaurantes, padarias, açougues, bares, postos de combustível e na rede de cultura – que contempla cinemas, teatros, shows, livrarias, museus e exposições. O produto, aceito em 100% das cidades brasileiras, dá autonomia para o colaborador decidir o que fazer com o valor. Dessa forma, o usuário não fica preso aos itens específicos disponibilizados em cestas e pode celebrar as festas da maneira que se sentir mais seguro e confortável. 53 

 

Uma pesquisa realizada pelo time de Inteligência de Mercado da Alelo, bandeira especializada em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas, com milhares de funcionários de empresas clientes revela que 85% dos respondentes preferem receber um cartão a cesta física. Entre eles, 53% gostariam que o valor da cesta básica natalina fosse disponibilizado como saldo extra no benefício alimentação/refeição, enquanto os outros 32% queriam receber um cartão de benefício Natal com saldo para ter a liberdade de escolher entre os itens de preferência. Já 16% julgam que receber o valor de uma cesta como ajuda de custo seria a melhor opção. 

Presentear com benefícios também é uma forma da empresa se conectar com a família dos colaboradores, já que o cartão possibilita organizar a ceia de acordo com as preferências de cada um, com liberdade de escolha dos produtos e a facilidade de levar para casa itens mais frescos, como carnes, legumes, verduras e frutas. Fazer-se presente nesse momento de celebração funciona como um gesto de carinho importante tanto para quem usufrui do valor como também para quem escolheu o benefício como presente. 

 

Os usuários do cartão Alelo Natal contam ainda com a facilidade do aplicativo Meu Alelo, que possibilita realizar consulta de saldo, extrato, rede de aceitação e aproveitar descontos exclusivos de até 80% em mais de 200 estabelecimentos parceiros. O app também dá acesso a medicamentos a preços mais acessíveis e uma rede com mais de 26 mil farmácias. 

 

O Alelo Natal pode ser solicitado por empresas de todos os portes e de todas as regiões do Brasil. Mais informações no site www.alelo.com.br


 

Fonte: Mundo RH


Massificados

Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=